Como fazer Gelados caseiros

Como confeccionar os gelados em casa

Os gelados e sorvetes feitos em casa são bastante diferentes, tanto em textura como em sabor, das variedades comerciais. Fazem-se tão facilmente como um creme ou xarope. De facto, a base de um gelado é geralmente um creme enriquecido com natas. Os sorvetes têm como base uma calda de açúcar, a que se adicionam frutas em sumo ou puré.

Algumas regras para a confecção de gelados

  1. A quantidade de açúcar é extremamente importante, pois. se exceder a indicada, o creme não gelará e, se for insuficiente, ficará demasiado duro e insípido. Deve, contudo, ter-se em conta que numa preparação doce terá de incluir uma maior quantidade de açúcar quando se destina a ser gelada. Nos sorvetes, a quantidade de açúcar, de que depende a sua consistência cremosa, é ainda mais importante.
  2. Algumas receitas para gelados com sabor mais intenso incluem leite em vez de natas. Este deve ser, de preferência, leite evaporado e vende-se em latas.
  3. Para solidificar um gelado, a temperatura do frigorífico deve ser a mais baixa possível, pois o gelado será tanto mais saboroso quanto mais rapidamente se processar a congelação. O recipiente e os ingredientes devem já estar gelados antes da preparação.
  4. Algum tempo antes de servir, retire o
    gelado do congelador e coloque-o
    numa das prateleiras do frigorífico.
  5. O tempo de conservação de um
    gelado comercial no congelador deve
    ser o indicado na embalagem.
  6. Gelado de baunilha

    TEMPO DE PREPARAÇÃO:
    2 a 5 minutos

    TEMPO DE CONGELAÇÃO:

    cerca de 3 horas

    Ingredientes (para 6 pessoas):

    2. 5 dl de leite
    1 oro
    2 gemeis
    100g de açúcar
    2.5 dl de natas
    1 vagem de baunilha

    Leve o leite a ferver com a vagem de baunilha e deixe de infusão, fora do lume, durante 15 minutos.
    Retire a vagem de baunilha. Numa tigela, bata o ovo com as gemas e o açúcar até obter uma mistura cremosa e esbranquiçada. Adicione o leite e passe o preparado para um passador fino. Leve a cozer em lume muito brando ou em banho-maria até o creme cobrir a colher com uma fina película. Deixe arrefecer numa tigela.

    bata as natas até estas ficarem cremosas, mas não duras, e junte-as cuidadosamente ao creme anterior. Deite a mistura obtida nas covvetes do frigorífico, cubra com uma folha de alumínio e coloque no congelador. bata o gelado e deixe novamente gelar até estar bem firme.

    Se quiser fazer gelado de praline, junte ao gelado de baunilha 60 g de praline OU caramelo picado e avelãs alouradas e raladas
    quando retirar o gelado de baunilha para o bater, a fim de desfazer os cristais que se formam no interior. Leve novamente ao congelador.

    Se quiser fazer gelado de café, junte ao gelado de baunilha 1 colher de sopa de essência de café ou ele café solúvel desfeito num pouco de água fria.

    Bocadinhos de fruta podem ser adicionados ao gelado de baunilha a meio da congelação (solidificação).



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :