Doenças do comportamento alimentar: bulimia e anorexia

Alimentar-se é um acto vital, de sobrevivência, mas também um acto social, que se vai alterando ao longo do ciclo vital. No livro “Cala-te e come” de P. Delahaie é retratado a forma como os pais suprem as necessidades dos filhos através da alimentação: “Quando bebé, eles tentam dar-lhe um biberão de cada vez que ele chora, quando tem frio, ou cólicas, ou fome, ou quando se sente sozinho..,”. Isto nem sempre é o mais adequado, visto que a criança cresce viciada na comida, uma vez que sempre que tem um problema, a solução é comer, e acaba por ter o hábito de comer sempre que esteja angustiada ou com problemas. Este facto é muitas vezes a base de doenças, que actualmente são comuns, mas que há 20 anos atrás eram impensáveis. Tanto a bulimia como a anorexia são doenças do comportamento alimentar preocupantes pela sua gravidade e frequência, por isso é importante saber os sintomas das doenças para que estas possam ser melhor reconhecidas.

A bulimia manifesta-se com maior frequência em jovens adolescentes, nomeadamente em jovens que quando eram crianças não se afirmaram. É uma doença mais comum no sexo feminino, em jovens que ficam consoladas só de comer, e não se esforçam por resolver os seus problemas, recuando à sua infância em que eram alimentados pelos seus pais e não precisavam de assumir responsabilidades. A bulimia caracteriza-se pela ingestão compulsiva de uma grande quantidade de alimentos, sejam estes saborosos ou não. Esta ingestão ocorre a maior parte das vezes em situações de angústia, em que a pessoa se sente vazia, e por isso enche-se de comida. No entanto depois de se empanturrarem de comida, surge um sentimento de culpa e frustração por terem comido tanto e não quererem engordar, e acabam por provocar o vómito, recorrer a laxantes ou diuréticos para se livrarem das calorias em excesso. Estes actos compensatórios não ocorrem em todos os bulímicos, aproximadamente em 50%. A única forma de prevenir uma doença anorética, não é através de nenhuma dieta, mas sim assumir-se psicologicamente, reformando o comportamento alimentar, de forma progressiva.

A anorexia é uma doença relacionada com o medo extremo de ficar gordo, mesmo quando se tem um peso muito inferior ao normal, isto porque a percepção que uma pessoa com anorexia sobre si mesmo está alterada. Esta perturbação alimentar também está mais relacionada com o sexo feminino, e com os jovens adolescentes, quando surgem as características sexuais, uma vez que as adolescentes não querem aceitar a sua feminilidade, e por isso acabam por esconder e atrasar estas características. Estas jovens adolescentes recusam-se a ser mulheres adultas, e possuem uma extrema baixa auto-estima. Como tal recorrem a determinada técnicas como a hiperactividade, ao uso de laxantes, diuréticos e anorexígenos, provocam o vómito e realizam exercício físico em excesso. Estes rituais, prejudicam gravemente a saúde, principalmente o funcionamento da tiróide.



Sem comentários to “Doenças do comportamento alimentar: bulimia e anorexia”

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :