Sinusite: como tratar e prevenir

Muitas vezes confundida com com  um simples resfriado comum, a sinusite é mais que uma congestão nasal. Trata-se de uma infeção da mucosa nasal, que causa uma inflamação.  Esta imflamação e/ou infeção podem dar-se devido a agentes virais, micróbios ou até por reação a alergias.

Existem dois tipos distintos de sinusite: a sinusite aguda e a sinusite crónica. A sinusite aguda tem por norma a duração de três semanas ou menos, enquanto que a sinusite crónica pode durar entre três a oito semanas, podendo até prolongar-se por mais tempo.

O sintoma mais comum da sinusite é dor de cabeça intensa (cefaleias), mas outros desconfortos ocorrem, como é o caso de congestão nasal, mau cheiro do nariz e da boca, corrimento purulento, fadiga, sensibilidade do osso malar e dor ao redor das áreas dos seios faciais. A sinusite pode também vir acompanhada de febre.

 

 

Tratamento e prevenção

O tratamento mais comum e eficaz para a sinusite é feito através de antibióticos e analgésicos. Trata-se com medicamentos antifúngicos as infecções fúngicas sinusais.

  • Antibióticos – O uso de antibióticos é uma boa opção quando a sinusite é bacteriana. Este tipo de medicamentos são úteis na redução da inflamação e no controlo da proliferação de bactérias na mucosa da cavidade nasal.
  • Anti-inflamatórios – Os anti-inflamatórios podem também ser poderosos aliados no tratamento da sinusite. Estão disponíveis em comprimidos ou spray e os corticóides, geralmente, são a principal escolha dos médicos no tratamento, pois ajudam a diminuir eficazmente os sintomas.
  • Soro fisiológico – Este tipo de soros são muito eficazes para desobstruir congestão nasal e fazer uma boa limpeza das narinas, diminuindo assim a probabilidade de crises.

A prevenção é também uma excelente forma de combater esta doença. Cuidados específicos de saúde são necessários para evitar as infecções virais e a manutenção da permeabilidade nasal durante essas viroses. Estes cuidados são especialmente importantes em situações de alergia. Para quem vive em regiões mais frias, os cuidados preventivos devem ser intensificados nos dias e meses de alterações climáticas mais severas.

A sinusite também,muitas vezes, resulta de uma gripe ou constipação. Por isso, é importante manter o sistema imunológico saudável para evitar essas infecções. Aconselhamos o consumo de alimentos que contêm vitamina C (antioxidante), pois fortalecem a imunidade, estimulando a atividade de anticorpos e células do sistema imunológico. O zinco também é um importante aliado contra infecções e vírus, uma vez que possui propriedades anti-inflamatórias.

Tratamentos naturais

Em alternativa aos tratamentos com fármacos encontram-se também disponíveis tratamentos com ingredientes naturais para a sinusite. É o caso, por exemplo, de inalações com eucalipto.

Como fazer:

Levar ao lume, durante 25 minutos, 50g de folhas de eucalipto, 2 litros de água e 3 colheres de sal. O tratamento é feito através de inalações do vapor, cerca de 3 sessões de 15 minutos, 3 vezes por semana, por um período de 30 dias. O tratamento de sinusite deve sempre finalizar com a passagem de uma toalha molhadas em água fria no rosto.



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :