Como evitar o problema do mau hálito ou halitose

Mau Hálito Halitose

O mau hálito ou halitose, pode ser um grande problema, especialmente quando você está a dialogar pessoalmente com outra pessoa… A boa notícia é que o mau hálito pode (na maioria das vezes) ser evitado com alguns passos simples.

O mau hálito é causado por bactérias produtoras de odor que crescem na boca. Quando não escova os dentes e não usa fio dental regularmente, as bactérias acumulam-se sobre os restos de comida na sua boca e entre os dentes. Os compostos de enxofre libertado por essas bactérias, causam mau hálito.
Certos alimentos, especialmente o alho e a cebola, que contêm óleos picantes, podem contribuir para o mau hálito, porque os óleos são transportados para os pulmões e depois libertados pela boca. Fumar também é uma das principais causas de mau hálito.
Existem muitos mitos sobre como evitar o mau hálito, mas….

Mito 1: Lavar a boca fará o mau hálito desaparecer.
Ao lavar a boca apenas se livra do mau hálito temporariamente. Se usar desinfectante bucal, procure um anti-séptico de redução da placa bacteriana (mata os germes que causam o mau hálito).

Mito 2: Se escovar os dentes com regularidade, não deverá ter mau hálito.
A verdade é que a maioria das pessoas só escova os dentes durante 30 a 45 segundos e, isso não resolve. Para limpar todas as superfícies dos seus dentes, deve escovar os dentes, pelo menos, durante dois minutos no mínimo, duas vezes por dia. Não se esqueça de escovar também a língua, porque as bactérias gostam muito dela… É igualmente importante usar fio dental, porque só escovar não vai remover a placa bacteriana e todas as partículas de alimentos prejudiciais que ficam presas entre os dentes e gengivas.

Mito 3: Se respirar para a sua mão, saberá quando tem mau hálito.
Errado! Quando respira, não usa a garganta da mesma maneira que o faz quando fala. Quando fala, tende a trazer os odores da parte de trás da boca (onde se origina o mau hálito ou halitose), coisa que a simples respiração não faz. Além disso, acostumamos-nos ao nosso próprio cheiro, e é difícil percebermos que temos mau hálito.

Se estiver preocupado com o mau hálito, certifique-se de que está a cuidar dos seus dentes e boca correctamente. Algumas gomas sem açúcar podem temporariamente mascarar os odores.
Se usa fio dental, escova correctamente os dentes e língua, visita o dentista para fazer
limpezas regulares e, a sua halitose persiste, então poderá ter um problema de saúde, como sinusite ou doença gengival. Se suspeitar de tais problemas visite o seu médico de família ou dentista, pois eles poderão descobrir se há algo mais por
trás da sua halitose e ajuda-lo(a).

Mude o seu hálito de mau para bom
O mau hálito é constrangedor, desagradável, e muito comum.

Estas oito dicas, fáceis, vão adoçar o seu hálito.

Todos nós já nos encontramos, a conversar com alguém cujo hálito poderia facilmente ‘murchar uma flor’. Existem mais de 90 milhões de pessoas, em todo o mundo, a sofrer de mau hálito ou halitose.

1. Não deixe que a sua língua se torne um tapete sujo.
O mau hálito muitas vezes aparece quando as pessoas não cuidam devidamente da sua saúde oral. O odor é geralmente causado pela decomposição de partículas de alimentos e bactérias na boca. É por isso que escovar e usar fio dental é tão importante, mas não se esqueça de escovar suavemente a língua para se livrar de ainda mais bactérias.
Uma língua limpa é muito importante para afastar o mau hálito.
“Debaixo de um microscópio a sua língua é como um tapete felpudo. Existem milhões de filamentos na sua língua que armadilham partículas minúsculas de alimentos e bactérias”.
Habitue-se a limpar regularmente a sua língua com uma escova de dentes, a ponta de uma colher, ou um limpador de língua. Se tiver algum dispositivo de boca, certifique-se de limpá-lo adequadamente antes de o colocar de novo na sua boca.
Desinfectante não é má ideia, mas é apenas uma correcção temporária. Bochechar desinfectante dá jeito, mas serve apenas como máscara, não ataca a fonte do problema.

2. Mastigue chiclete.
Acredite ou não, a saliva é a sua melhor arma contra o mau hálito. É por isso que a boca seca, muitas vezes causada por certos medicamentos ou problemas de saúde, leva ao mau hálito ou halitose. Lavando as partículas de alimentos e bactérias, a saliva também ajuda a eliminar o mau hálito.
Se o seu hálito é tão mau pela manhã, isso deve-se em grande parte à diminuição da produção da saliva durante o sono, permitindo que as partículas e odor estejam presentes durante mais tempo. É aí que chiclete sem açúcar vem a calhar, porque a mastigação vai estimular a produção de saliva.
“Quando mastiga pastilha elástica produz mais saliva, e quanto mais saliva tiver na boca, menos bactérias tem, porque não só lava as bactérias mecanicamente, mas como também temos anti-séptico e enzimas na nossa saliva, estes matam as bactérias”.
Gomas adoçadas com xylitol são a melhor opção. O xylitol é um substituto do açúcar que não só aumenta a saliva, mas também trabalha para impedir que as bactérias se repliquem na boca.

3. Escolha canela – é mais doce.
Um estudo recente sobre chicletes com sabor a canela, Big Red, descobriu que a canela pode ter propriedades de combate ao mau hálito. Ao contrário de outros sabores, canela não ‘encobre’ apenas, na verdade, o ingrediente no aroma parece realmente diminuir as bactérias na sua boca. O único problema é que as chicletes de açúcar fazem mal aos dentes, por isso opte por pastilhas com sabor a canela, mas sem açúcar.

4. Beber mais água.
Quanto mais se envelhece, mais aumentam as probabilidades de se ficar desidratado. Pode até não ter sede, mas crie o hábito de beber água, porque a água vai ajudar a minimizar as bactérias na sua boca. A água tem muitos benefícios para a saúde e prevenir o mau hálito é um deles.

5. Excluir causas raras da halitose.
Enquanto na maioria das vezes o mau hálito pode ser banido com simples medidas de higiene, há momentos em que condições dentais ou de saúde podem ser a causa. Consulte o seu dentista ou médico de família, se um odor desagradável se instalar na sua boca.
“Se houver um odor persistente na sua boca e que saiba que não é por falta de higiene oral, consulte o dentista”, ele poderá identificar cavidades ou dentes estragados, ou ainda mesmo periodontal (doença das gengivas), que podem estar a causar o seu mau hálito. em ocasiões raras o mau hálito pode sinalizar um problema maior, incluindo infecção, ou até mesmo insuficiência renal ou hepática, pelo que também deve consultar o médico de família, se o seu dentista não encontrar uma causa para o seu mau hálito”.

6. Coma uma fatia de pão.
Se estiver a fazer uma das muitas dietas populares do low-carb, lembre-se que o mau hálito é um efeito colateral potencial. Pode experimentar diferentes métodos de mascarar o odor, mas acrescentando alguns carb’s à sua dieta diária pode também ser um truque.

7. Obtenha um irrigador.
Realmente não pode limpar toda a sua boca com uma escova de dentes. “A utilização de um irrigador limpa tudo, em torno, debaixo das gengivas e entre os dentes”. “Se o alimento persistir entre os dentes onde a escova não chega, vai fermentar”. Da próxima vez que utilizar fio dental, experimente cheirar, ficará com uma ideia do cheiro a podre que as partículas de alimentos fermentados deixam na sua boca.

8. Não deixe que o mau hálito lhe suba à cabeça.
Se acha que tem mau hálito, obtenha uma segunda opinião. “Um grande número de pessoas que pensam que têm mau hálito, afinal não tem”.



3 Comentários to “Como evitar o problema do mau hálito ou halitose”
  1. Sérgio Carvalhais
  2. Anónimo

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :