Musculação feminina após os 40

Conforme o passar dos anos, o metabolismo do nosso corpo fica mais lento, aumentando assim, a massa de gordura e diminuindo a massa magra.

Além disso, após os 40 as mulheres também lidam com a alteração de hormônios e com o aumento do risco de osteoporose.

A musculação pode ser a solução para muitos dos problemas associados ao envelhecimento e pode ser, ainda, a chave para um corpo mais saudável com mais de 40 anos.

Fique agora a conhecer alguns dos benefícios da musculação feminina.

 

 

Desempenho e benefícios dos exercícios:

Claro que essas perdas prejudicam no desempenho físico, mas essa não deve ser uma preocupação porque o objetivo é o completo bem-estar físico, mental e social.

Optar por uma vida ativa traz melhoria e fortalecimento de toda a parte cardiorrespiratória, fortalecimento muscular, melhoria da coordenação motora, melhor flexibilidade e melhor controle de composição corporal, colesterol, glicemia e pressão arterial

Além disso, há progressos em todos os fatores adjacentes, o que significa que estresse, depressão e ansiedade passarão bem longe, já que haverá melhora no humor e na interação social.

Cuidados na hora do exercício e principalmente com as lesões:

Para evitar lesões, é de suma importância respeitar os limites do corpo, usar roupas e acessórios corretos, alimentar-se corretamente, não exagerar na carga dos exercícios e nunca esquecer do aquecimento e alongamento. Quando esses cuidados não são tomados, é comum que ocorram lesões nas articulações e coluna vertebral, e isso irá se refletir na qualidade de vida. Por isso as recomendações de um médico ou especialista devem ser sempre respeitadas.

Após a consulta de um médico respeite o seu corpo e comece devagar. Use a criatividade para não se cansar e desistir. Tente usar pesos livres um dia e o seu peso corporal outro dia. Respeite os limites do seu corpo e vá progredindo a intensidade para que o seu corpo ganhe forças de maneira contínua.

A média de repetições dos exercícios devem ser de 8 a 12 repetições para exercícios que trabalhem a parte superior do corpo, e de 12 a 20 repetições para exercícios da parte inferior do corpo. Poucas repetições permitem maiores cargas, maiores cargas força mais as juntas e ligamentos do corpo. Mais repetições também estimulam a hipertrofia.

A postura e execução dos exercícios devem ser perfeitas. O seu corpo não vai deixar passar em branco um exercício mal executado (não como antigamente), no dia seguinte irá sentir pelo erro. Não sacrifique a boa postura do exercício pela carga.

O tempo de recuperação é um pouco maior, então o descanso deve se levado a sério. Escolha divisões de treino com menos dias de treinamento por semana.

Alimentação:

Como vimos, o metabolismo tende a ficar mais lento depois dos 40, então a alimentação deve ser também alterada. Comidas ricas em colesterol devem ser completamente eliminadas da sua dieta. E o consumo de gorduras boas deve ser aumentado. Açúcares devem ser também eliminados. Dê preferência a alimentos ricos em proteínas e carboidratos de qualidade, como claras de ovos, leite, peito de frango e de peru, castanhas, pão integral e queijo branco.

 

Como vê, imensos benefícios. O que espera para começar a praticar musculação feminina?



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :