Infertilidade Masculina e Feminina

A infertilidade remeto-nos para uma reflexão sobre reprodução humana e sobre os meios que existem hoje em dia para atender a este problema, no entanto não nos podemos esquecer que este problema nem sempre tem uma solução feliz, e que cada casal tem que ver a sua condição como única e pessoal, pois cada um vive este problema de forma e única, e as causas de infertilidade variam de casal para casal.

A infertilidade traduz-se na inaptidão de um casal em ter filhos, o contraria o percurso normal da vida e a reprodução humana, impedindo a transmissão de genes de geração em geração.

No decorrer da história humana a fertilidade foi constantemente associada à continuidade das sociedade, e por este motivo é tida como necessária e indispensável, enquanto que a infertilidade era tida como uma punição de Deus ou uma enfermidade vergonhosa. Em determinada época as mulheres inférteis eram submetidas a cerimoniais sagrados pagãos e mágicos, para evitar o ódio, o desprezo e a culpa da sociedade pelo facto desta não conseguir procriar.

Cientificamente a infertilidade é incapacidade de engravidar depois de 12 meses de vida sexual activa sem a utilização de qualquer método contraceptivo. Esta é uma verdade cada vez mais presente em casais, abrangendo cerca de 15% da população em idade reprodutiva.

Medicamente falando, a infertilidade é considerada um problema não só da mulher, porque pode ser tanto infertilidade feminina como infertilidade masculina, mas dos dois cônjuges, sendo que a unidade “casal” deve ser analisada e trabalhada, para um possível tratamento de infertilidade, uma vez que existem um número semelhante de causas de infertilidade feminina como infertilidade masculina.

A análise da infertilidade num casal pretende diagnosticar o motivo da infertilidade e estudar o prognóstico, para assim ser possível escolher o método ou o tratamento de infertilidade mais adequado. Nem sempre é provável encontrar uma causa, pois apenas até 10% dos casais é que são conhecida as causa reais da infertilidade, uma vez que ainda não são conhecidos as variadas condições apesar do desenvolvimento científico e técnico nesta área.

Ainda assim o desenvolvimento científico possibilitou muito conhecimento sobre a reprodução humana, e assim estudar técnicas para corresponder à esperança de muitos casais inférteis. Mas, esta esperança por vezes desmorona após tentativas frustradas de atender às necessidades dos casais inférteis, tirando a pouca esperança que lhes restava, assim como aos profissionais de saúde envolvidos. Por outro lado, graças ao desenvolvimento científico, muitos casos de infertilidade feminina e infertilidade masculinas podem ver o seu sonho de serem pais realizado, através da intervenção de profissionais de saúde que se especializam área de tratamento de infertilidade.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :