As Fibras são importantes para a minha saúde?

Uma dieta com elevado teor de fibras pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol e a evitar o cancro do cólon.

Para que serve as Fibras

Como as fibras aumentam o volume do bolo alimentar e criam uma sensação de saciedade sem que as pessoas ingiram um excesso de calorias, também podem ajudar a controlar o peso. Por outro lado, a ingestão de fibras em quantidade insuficiente pode dar origem a obstipação, hemorróidas e distúrbios intestinais, como diverticulose. Uma dieta pobre em fibras costuma ter um elevado teor de hidratos de carbono refinados e gorduras, favoráveis ao aumento de peso e às doenças cardíacas.

Fibra dietética

A expressão «fibra dietética» não se refere a qualquer substância em particular, mas antes a todas as partes comestíveis dos cereais, frutos, vegetais e leguminosas (feijão seco, lentilhas e ervilhas) que não são digeridas. A fibra resiste às enzimas digestivos dos seres humanos e passa através do estômago e do intestino delgado sem ser completamente decomposta.

Há dois tipos principais de fibras: as solúveis e as insolúveis. A maior parte dos alimentos de origem vegetal contém ambos em percentagens que variam de alimento para alimento. Apesar de ainda não ter sido descoberto um método seguro de análise dos componentes das fibras alimentares, sabe-se que o farelo de aveia, a cevada, o feijão, as ervilhas, as maçãs e os citrinos são conhecidos como boas fontes de fibras solúveis . As fibras solúveis decompõem-se até certo ponto no aparelho digestivo, formando, entre outros subprodutos, ácidos gordos, que são absorvidos pela corrente sanguínea e parecem desempenhar um papel na redução dos níveis de colesterol. Além disso, as fibras solúveis ajudam os diabéticos a manter níveis de glicose (açúcar) mais baixos no sangue.

Fibra dietética

Alimentos com alto teor de fibras

Os alimentos com alto teor de fibras insolúveis incluem farelo de trigo, cereais integrais, vegetais e frutos. Apesar de as fibras insolúveis não sofrerem qualquer decomposição durante a sua passagem através do aparelho digestivo, elas têm capacidade para absorver grandes quantidades de água — até 15 vezes o seu próprio peso. Essa água faz aumentar o volume das fezes, ajudando-as a deslocar-se mais rapidamente através do aparelho digestivo e tornando-as mais moles e, por isso, de eliminação mais fácil. É a componente insolúvel das fibras que ajuda a evitar ou controlar os problemas de intestinos. Além disso, alguns especialistas crêem que, na medida em que reduz o tempo em que as fezes permanecem em contacto com a mucosa intestinal, a fibra insolúvel desempenha um papel importante na prevenção do cancro do cólon. No entanto, as opiniões não são unânimes sobre quais os componentes das fibras (ou outros factores de uma dieta rica em fibras) que são responsáveis pelas propriedades aparentes destas na prevenção do cancro.



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :