Alimentos azuis e roxos

Para quem não sabe, as cores dos alimentos são determinadas pela presença de pigmentos.

Estas substâncias, não apenas dão cor aos alimentos, mas também desempenham, com frequência, papeis importantes na prevenção e na proteção do organismo contra doenças infecciosas.

As cores dos alimentos vêm denotar a presença de pigmentos e, por isso, uma dieta que seja colorida costuma também ser bastante mais saudável.

Cores nos alimentos

A cor dos alimentos determina o seu valor nutritivo e, por isso, os benefícios dos alimentos azuis e roxos merecem destaque. Devido ao incrível teor de anti-oxidantes, os alimentos azuis e roxos são tidos como os mais saudáveis.

Assim, ter regularmente esses alimentos nas refeições poderá garantir que o corpo esteja fortalecido e revitalizado. Se ainda não os consumir diariamente, passe a incluí-los na sua alimentação.

A National Health and Nutrition Examination Study – NHANES – entidade especializada em avaliar o impacto da alimentação na saúde, concluiu que quem come frutas e vegetais, alimentos, azuis e roxos vê a sua imunidade aumentada relativamente a uma série de riscos para a saúde.

Este tipo de alimentos vem inibir o envelhecimento prematuro, reforçando a memória e a saúde cardiovascular. Esse estudo também constatou que os alimentos azuis e roxos diminuem a probabilidade do excesso de peso e a pressão arterial fica sob controle, bem como os níveis de mau colesterol.

Os alimentos azuis e roxos devem a sua cor aos pigmentos naturais de plantas chamadas antocianinas. As antocianinas atuam como potentes anti-oxidantes, protegendo as células contra eventuais danos. Apesar dos frutos e vegetais vermelhos ou rosas também serem ricos em anotianinas, de um modo geral, quanto mais escura for a sua tonalidade, maior será a concentração de fitoquímicos.

Entre os benefícios dos alimentos azuis e roxos destacamos o facto destes ajudarem a regular a pressão arterial, reduzindo o risco de doenças cardíacas, impedindo formações de coágulos não naturais, além de também melhorar a própria função de memória e diminuir o risco de cancro.

Os alimentos azuis e roxos são também ricos em flavonoides, que vêm tornar os nossos vasos sanguíneos mais saudáveis, contrariando a perda de memória associada ao envelhecimento e melhorando as nossas faculdades motoras.

Por seu lado, na Medicina Chinesa, os alimentos azuis e roxos estão associados aos rins. Entre os mais consumidos encontram-se as amoras, os mirtilhos, as berinjelas, os figos, as ameixas, as uvas roxas e passas.

De facto, os alimentos azuis e roxos possuem uma substância chamada de antocianina, como já referido, que protege o nosso corpo contra infeções, combatendo os radicais livres e afastando os tumores, bem como doenças vasculares. Agem até contra a obesidade.



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :