Vantagens do Aleitamento Materno

Vantagens do leite materno

– O leite materno possui todas as proteínas, açúcar, gordura, vitaminas e água que o seu bebé necessita para ser saudável.

– Contém também determinados elementos que o leite artificial, em pó, não consegue incorporar, como os anticorpos e os glóbulos brancos. É um alimento vivo, irreproduzível.

– Protege o bebé, praticamente como uma vacina, de certas doenças e infecções.

– É mais facilmente digerido.

– Os bebés amamentados com este leite sofrem menos cólicas e apresentam menores probabilidades de ter gastroenterites, infecções respiratórias e alergias.

– O colostro – nome que se dá ao leite nos primeiros dias de vida – é extremamente rico em elementos anti-infecciosos, o que tem particular importância para o bebé que está, sobretudo nos primeiros tempos de vida. Ajuda a regular o desenvolvimento do sistema imunológico da criança. É rico em vitamina A, que protege os olhos e reduz as infecções. O colostro é laxante, o que facilita a eliminação do mecónio, levando desse modo à prevenção da obstipação e à diminuição do risco de icterícia. Os factores de crescimento presentes no colostro ajudam o intestino a amadurecer e a funcionar de forma eficiente, dificultando a entrada dos microrganismos e alergéneos. A riqueza nutricional do colostro faz com que, mesmo em pequena quantidade, o que está de acordo com a capacidade gástrica de um recém-nascido (4 colheres de chá = 20ml), seja suficiente para cobrir as suas necessidades alimentares.

– A amamentação é importante no desenvolvimento da mandíbula, da dentição e dos músculos da face, o que contribui para o desenvolvimento da fala e a diminuição da cárie dentária.

Os benefícios do aleitamento materno iniciam-se no contacto pele a pele após o nascimento e na amamentação na primeira hora de vida porque:

• Em regra as mulheres costumam sentir uma incrível sensação de felicidade no primeiro encontro com o bebé! E os pais geralmente partilham esse sentimento. E assim começa o processo de vinculação entre a mãe e o bebé. Acima de tudo, o contacto pele a pele e a amamentação precoces estão associados à redução da mortalidade no primeiro mês de vida e estão também relacionados com o aumento da exclusividade e da duração do aleitamento materno nos meses seguintes, contribuindo, portanto, para um melhor padrão de saúde e para a redução da mortalidade tardia.

Os benefícios da amamentação também se estendem à mãe, dado ser mais fácil e prático, pois não necessita de aquecimento, preparação, nem esterilização, permitindo-lhe poupar tempo; ajuda-a a recuperar mais rapidamente a forma física após o parto. O aleitamento materno permite que a mãe, mesmo durante o dia, se sente ou deite enquanto amamenta. A amamentação pode actuar como uma técnica anti-stress para a mãe e concomitantemente o bebé recebe conforto e carinho. A longo prazo a mulher que amamenta tem menor risco de ter cancro da mama, do endométrio  e osteoporose , bem como de doenças cardíacas, diabetes e artrite reumatóide.

Beneficios psicológicos

Os benefícios psicológicos são o fortalecimento do vínculo afectivo mãe/filho. A proximidade entre os dois estimula o tacto e o olfacto do bebé, transmitindo-lhe qualidade-de-vida, segurança e tranquilidade, fazendo com que o bebé chore menos. A amamentação proporciona um prazer único, e a mulher que consegue amamentar com sucesso sente-se mais realizada e autoconfiante e tem menos depressão pós-parto. A mãe sente mais apego emocional e é mais afectuosa. Há estudos que demonstram que os bebés amamentados têm menor risco de serem maltratados e abandonados.

Vantagens económicas

O aleitamento materno melhora a qualidade de vida da criança e de toda a família, porque permite poupar tempo e dinheiro, facilita as deslocações, viagens, passeios e mobilidade em geral. Para além disso, pelo facto de os bebés amamentados adoecerem menos, há uma redução significativa nos gastos com a saúde, em medicamentos e utilização de serviços de saúde, e diminuição do absentismo dos pais. Para além do mais, o leite materno é ecológico, não necessita de ser fabricado, envasilhado, nem transportado, permitindo poupar muita energia e recursos naturais e diminuir a poluição do meio ambiente.
As maiores vantagens do aleitamento materno são os ganhos em saúde e a contribuição para o desenvolvimento socioeconómico das populações.

Os benefícios para o bebé são, a curto prazo, a certeza de lhe estar a dar o melhor alimento, dado que o leite materno tem todos os nutrientes que o bebé precisa nos primeiros seis meses de vida.



1 Comentário to “Vantagens do Aleitamento Materno”
  1. Adriana Mendes

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :