Reflexologia

A reflexologia não está associada a nenhuma cultura em especial, já que é ancestral a associação entre zonas reflexas dos pés e o resto do corpo. A mais antiga referência a esta prática vem do Egipto e data de 2330 a.C.
A reflexologia é uma técnica de pressão de zonas específicas de mãos e pés, as quais reflectem determinados órgãos. Esta prática rege-se igualmente pelos princípios energéticos do corpo, pelo que a doença surge devido à obstrução da passagem dessa energia. A pressão que o profissional exerce permite precisamente o fluir da energia e o principal objectivo é reduzir a tensão e induzir relaxamento.
Os profissionais da reflexologia sugerem que esta produz melhoria sintomatológica nas seguintes alterações: síndrome pré-menstrual, enxaquecas, alterações gastrointestinais, dor crónica lombar, alterações do aparelho auditivo, actividade fetal, esclerose múltipla, dor associada a neoplasias.

Os estudos não revelam que a reflexologia induz melhores estados de relaxamento do que outro tipo de massagens.
Mais e melhores estudos científicos são necessários para mostrar se há realmente eficácia da reflexologia ao nível da melhoria sintomática de determinadas doenças que os seus profissionais dizem produzir.

Contudo, e uma vez que a reflexologia não comporta qualquer risco para a saúde, a sua prática não está contra-indicada.



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :