Radónio, um elemento radioactivo

O radónio é um dos elementos radioactivos naturais, que se liberta da crosta terrestre e se instala nas nossas casas e locais de trabalho, entre outros, sendo este responsável por cerca de 50% das radiações a que estamos expostos. Quando o urânio, elemento presente sobretudo em níveis mais altos da crosta terrestre e em determinados estratos geológicos, principalmente no piso de granito, se desintegra, as suas propriedades radioactivas transformam-se em radónio.

O radónio, quando existente em piso de granito, ou numa zona com abundância de urânio, atinge uma concentração razoável, infiltrando-se nos edifícios através de brechas existentes nas paredes ou no chão, isto quando na sua construção foram utilizados materiais que tem como origem o granito. Uma vez que há uma relação entre o granito e o radónio, as pessoas que vivem ou trabalham nesta zona, estão expostas 5 vezes mais a radiações de radónio do que a média, sendo que a exposição a este tipo de elementos radioactivos está associada ao risco de desenvolver cancro do pulmão, com maior incidência nos fumadores.

Como diminuir o risco de exposição ao radónio?

  • Informe-se sobre os níveis de elementos radioactivos na sua localidade, e se viver numa zona de altos níveis de radónio, dirija-se às autoridades locais para que a medição seja feita em sua casa gratuitamente;
  • Faça modificações no sistema de ventilação quando necessário. Por exemplo, um extractor colocado por baixo do edifício pode diminuir os níveis de radónio, e nos edifícios recentes, pode optar pela colocação de uma membrana à prova de humidade em toda a superfície do chão;
  • Tendo em conta que o uso de tabaco associado aos altos níveis de radónio está na origem de vários problemas de saúde, opte por não fumar.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :