óleos essenciais

O caminho para a saúde é tomar um banho aromático e uma massagem perfumada todos os dias.

Este foi o conselho dado pelo famoso médico grego Hipócrates (359 a. C.). O pai da medicina ocidental.
Os Antigos conheciam os poderes de relaxe e protecção dos óleos provenientes de plantas. Usavam-nos para se proteger de doenças contagiosas e infecções.

Os objectivos e métodos terapêuticos com plantas aromáticas não mudaram basicamente desde os tempos de Hipócrates, mas expandiram-se e melhoraram. Com os actuais conhecimentos científicos, compreendemos melhor por que é que os óleos essenciais possuem propriedades anti virais, anti fúngicas e antibaclerianas. O facto de estar diariamente em contacto com óleos essenciais como aromatologista, nos últimos anos. e só ter apanhado uma constipação, abona a favor das suas propriedades saudáveis e protectoras.

As fontes dos óleos essenciais

As substâncias puras e fragrantes extraídas de plantas aromáticas são conhecidas como óleos essenciais, o que não quer dizer que estes óleos sejam essenciais à vida das plantas de onde são originários. O termo é mais utilizado para sugerir que os óleos contêm a essência de cura das plantas. Ao contrário dos óleos vegetaise macerados, onde podem serdiluídos, os óleos essenciais são voláteis e não oleosos.

Os óleos essenciais estão contidos nas glandes, receptáculos, canais e pêlos glandulares concentrados em diferentes partes da planta. Por exemplo, o óleo de murta é extraído das folhas e dos ramos jovens da pequena árvore. A manjerona sai das partes cimeiras Floridas da planta, enquanto o óleo do abelo-vermelho provém das agulhas. A ilangue-ilangue é extraída das flores e a canela das folhas ou casca. Os óleos cítricos, tais como o da laranja, lima ou limão, são extraídos através da casca do fruto, enquanto o de vetiveria é extraído da raiz, o de gengibre do rizoma, e a pimenta preta das sementes.

Métodos de aplicação dos óleos essenciais

Os óleos essenciais podem ser aplicados isoladamente ou em conjuntos de vários óleos.
A massagem com óleo é a forma mais comum de tratamento, visto que o óleo essencial é rapidamente absorvido através da pele e é transportado pelo sangue a todo o corpo. Passadas seis ou dez horas, é eliminado (não deixando resíduos tóxicos, demonstrado pelos testes) através da urina, fezes, respiração ou simples exalação.

Os aromatologistas profissionais também podem administrar óleos essenciais através de injecções intramusculares ou internamente, misturados com água com mel ou através de comprimidos. Não utilize estes métodos a não ser que tenha tido formação profissional. Contudo, existem muitas formas de utilizar os óleos essenciais de forma terapêutica em casa: no banho (incluindo banho de assento, de mãos e pés), compressas, inalações, unguentos, loções e cremes, e também nos tratamentos com massagem.



2 Comentários to “óleos essenciais”

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :