Exercício Físico x Envelhecimento

O envelhecimento é um processo que ocorre naturalmente em todos os seres vivos. Conforme ele ocorre vai acontecendo também várias mudanças no organismo. As capacidades do organismo vão diminuindo, ficando cada vez mais debilitados e incapacitados de realizar certas tarefas, até então comuns no seu dia a dia. Juntamente com isso surgem várias doenças, dentre elas as doenças cardiovasculares, as articulares e as doenças crônico degenerativas, o que torna esse processo de envelhecimento ainda mais difícil.

Apesar da genética ser importantíssimo nesse processo, o estilo de vida também pode ser decisivo para retardar ou acelerar essa queda na capacidade funcional das pessoas. Como grande solução, ou atenuante para todos esses problemas, surge os exercícios físicos, que podem mudar totalmente a realidade destes idosos proporcionando uma melhora na qualidade de vida.

As principais “perdas” com o envelhecimento é: a diminuição da massa magra corporal, que é causado pela diminuição no comprimento e na elasticidade das fibras musculares; em contrapartida, há um aumento na massa gorda nos tecidos, o que provoca um enfraquecimento dos ossos o que gera a desmineralização desses tecidos; há também uma diminuição na capacidade de oxigenação do organismo, o que causa dificuldade nas atividades das células. Assim, a tendência é que as pessoas fiquem cada vez mais sedentárias conforme a idade vá avançando.

Porém, esse quadro pode ser revertido com a prática de atividades físicas associadas, claro, a uma alimentação equilibrada. E, quanto mais cedo começar, menos e mais tardios serão os efeitos do envelhecimento.

 

 

Veja a seguir algumas dicas de exercícios para as pessoas com idades já avançadas que querem retardar os efeitos desta fase.

  • Natação – A natação além de queimar calorias, trabalha de forma intensa a parte aeróbica, fortalecendo os músculos e protegendo as articulações. É também fundamental no tratamento de doenças como a artrite e osteoartrite e ajuda a melhorar a circulação sanguínea e a respiração.
  • Corrida – A corrida traz benefícios para o equilíbrio e para respiração e ainda aumentam a flexibilidade de quem a pratica. O ideal é fazer corridas diárias com duração de 30 minutos.
  • Ciclismo – A bicicleta é uma ótima opção para quem já tem mais idade. Ela trabalha a parte aeróbica, o equilíbrio e o fortalecimento dos músculos, principalmente os dos membros inferiores, uma vez que são os mais trabalhados.
  • Musculação – Na academia as pessoas devem procurar pelos exercícios que fortaleçam as pernas e os músculos da cintura. Porém é importante focar mais na quantidade de repetições do que no peso, uma vez que cargas maiores podem causar dores e lesões desnecessárias.
  • Caminhada – A caminhada é o exercício físico mais prático de inserir na rotina de qualquer indivíduo. Além de ser o mais eficiente. Os seus benefícios são diversos, entre eles a diminuição do risco de morte por doenças cardiovasculares, uma melhora significativa na coordenação motora, além de trazer um bem estar físico e mental para quem a pratica. O ideal são 30 minutos de caminhadas diárias, opte sempre que possível por locais abertos e com uma bonita paisagem, isso trará motivação para que continue os seus exercícios.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :