Efeitos do consumo de sal

Nem sempre pensamos que o sal é um nutriente, mas de facto é o que ele é, uma vez que é constituído por cloreto de sódio. O sal é um condimento utilizado na nossa alimentação diária e como tal é o principal fornecedor de sódio. Este nutriente tem um efeito regulador sobre o balanço hídrico, sobre o ritmo do coração e as fibras dos nervos e músculos. No entanto o seu efeito pode ser prejudicial quando este atinge uma concentração superior ao normal. Neste sentido convém que o consumo de sal diário não exceda as 2g , equivalente a meia colher de café de sal. Contudo, nos países desenvolvidos, esta recomendação não é seguida, uma vez que o consumo médio de sal é à volta das 7g por dia.

Relacionado ao consumo de cloreto de sódio, o sal, está a influência que este tem sobre a hipertensão arterial. Esta relação ainda não foi inteiramente compreendida, no entanto há estudos cientificos que comprovam uma proporção directa entre o consumo de sal e a ocorrência de hipertensão arterial. Num contexto real apenas cerca de 10% da população é que ocorre esta proporção directa, o que significa que a maioria das pessoas o consumo de sal não é significativo para a ocorrência de hipertensão arterial.

De uma forma geral é aconselhável não exceder no consumo de sal, e para as pessoas que já são diagnosticadas com hipertensão arterial é recomendável que diminua o consumo de sal, isto porque a hipertensão arterial é um dos factores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, sendo assim mais vale adoptar um consumo moderado de sal do que desenvolver alguma das doenças cardiovasculares.



1 Comentário to “Efeitos do consumo de sal”

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :