Doenças dos olhos

Os olhos são um órgão vital do nosso corpo, com múltiplas funções. Por isso a sua vitalidade deve ser conservada, e como tal devemos estar atentos aos primeiros sintomas anormais, pois só assim os problemas e as doenças oculares podem ser prevenidas ou tratadas com eficácia.

A ida a um médico especialista dos olhos depende dos sintomas da pessoa e a condição em causa, que podem ser indício de doenças oculares. Quando existe uma perda parcial ou total na visão, se tiver dor a nível dos olhos, ou sentir a visão embaciada de um ou dos dois olhos, ou ainda se começar a ver dois objectos, ou seja a visão dupla. Estes são alguns dos primeiros sintomas que pode sentir, mas ainda existem outros, que podem não ser sentidos, mas podem ser vistos, como por exemplo o tamanho das pupilas, que devem ter o mesmo tamanho, o qual pode ser alterado por determinada medicação tópica oftálmica. Se o olho apresentar-se vermelho, perto da íris, ou ainda se tiver algum sintoma na visão ou ocular que perdure por três dias, estes são os primeiros sintomas que lhe dizem que precisa para ir a um médico especialista dos olhos.

Há algumas doenças oculares que tem tendência a serem desenvolvidas a partir de uma determinada idade. A presbiopia consiste na diminuição da capacidade do olho de focalizar perto, e os primeiros sintomas iniciam-se na maior parte dos casos a partir dos 40 anos. Outras doenças oculares, como as cataratas podem ter uma evolução mais lenta, podendo ser prejudiciais só a partir dos 90 anos, dependendo dos casos. Os primeiros sintomas consistem na visão embaciada ao longe, e o seu tratamento é cirúrgico.

A doença usual, depois dos 55 anos, é degeneração macular senil, que provoca a visão ofuscada e distorcida, que impede a identificação de pessoas ou mesmo letras, devido a modificações a nível da retina que se assemelham a cicatrizes.

Ainda existe outra condição anormal, que consiste na presença de pontinhos pretos ou linhas na visão. É uma condição sem tratamento clínico, mas que necessita de supervisão de um médico especialista dos olhos.

Outras doenças oculares podem estar associadas aos genes, e serem transmitidas de geração para geração, como acontece por exemplo com o glaucoma, que se estiver presente na sua família, você deverá ser observado/a por um médico especialista de 2 em 2 anos. Se outras doenças oculares forem detectadas no meio familiar, a descendência deverá ser acompanhada para haver uma detecção precoce de sintomas, como por exemplo dificuldades escolares, que indiciem alguma doença ocular.



2 Comentários to “Doenças dos olhos”
  1. Manoel

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :