Doença dos OlhosEczema das Pálpebras

Use óculos escuros de boa qualidade

Nas montanhas e nas superfícies claras, como a areia, o mar ou a neve, os raios ultravioletas são intensamente reflectidos e podem provocar, por exemplo doença dos olhos como a conjuntivites, queratites ou um início de cataratas. Além disso, determinadas radiações infra-vermelhas podem também provocar, por exemplo, inflamações nas pálpebras. Quanto às radiações visíveis, mesmo não sendo perigosas, podem causar, quando são intensas, dissabores frequentes, sobretudo quando não se lhes está habituado. Trata-se, principalmente, da fadiga ocular. Portanto, as lentes solares, para serem eficazes, devem absorver uma parte dos raios ultravioletas, uma parte dos raios infravermelhos e uma parte (não excessiva) da luminosidade, sem, no entanto, serem opacas.

Só as boas lentes respondem positivamente aos diversos objectivos:
– lentes polarizadas, sem nenhum efeito de correcção;
– lentes não deformantes, com superfícies interiores e exteriores rigorosamente paralelas;
– lentes de cor uniforme e neutra; o cinzento é particularmente recomendado para os condutores de veículos.

Dito isto, adapte a sua escolha à utilização prevista: por exemplo, para andar de barco ou em praias com muito sol, use lentes de cor mais escura do que as que utiliza normalmente. Verifique a visibilidade, porque não convém que sejam demasiado claras nem demasiado opacas. Experimente sempre os óculos antes se decidir pela compra e assegure-se de que as lentes têm o tamanho e a largura adequadas a uma boa protecção global.

Nota importante: os óculos de sol são, para alguns, mais uma questão de moda do que de necessidade. Mas convém saber que, quando esse uso é excessivo, pode ter, como consequência, uma diminuição da acuidade visual geral. Além disso, o olho habitua-se a luminosidades fracas, o que pode acentuar a fadiga em situações de iluminação solar normal.

O cuidado com a maquilhagem

O eczema das pálpebras é provocado, nove em cada dez vezes, pela maquilhagem. Se for vitima desta afecção, deixe de usar o produto responsável logo que ela se manifeste, porque as eventuais complicações podem surgir com muita rapidez. Experimente utilizar outro produto, mas só quando a cura for total. Os lápis (eye-liners) e as pinturas para as pestanas entram em contacto directo com os olhos, que deixam de eliminar, espontaneamente, os corpos gordurosos estranhos. Daí podem resultar conjuntivites. Esses produtos contêm pigmentos metálicos, ainda mal conhecidos, mas sabe-se que alguns provocam alergias nas pessoas a elas predispostas.

A desmaquilhagem

Nunca partilhe os seus cosméticos com outras pessoas (desconfie, especialmente, das experiências nas lojas), porque as infecções se propagam com muita facilidade. Nunca utilize algodão ou outros produtos de desmaquilhagem que sejam coloridos, porque podem provocar irritações, devido aos corantes que contêm. Para retirar produtos gordurosos, o melhor é utilizar o óleo de amêndoas doces. De seguida, lave os olhos com água. Para retirar outros produtos, no caso de não suportar a água com sabão neutro, experimente utilizar apenas água ou um produto especial para os olhos, que o seu oftalmologista lhe pode indicar.

Como as pessoas estão a chegar aqui:

 
  • eczema das pálpebras
  • eczema nos olhos
  • eczema ocular
  • eczema no olho
  • eczema nas palpebras


2 Comentários to “Doença dos OlhosEczema das Pálpebras
  1. Débora

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *