Doença de Alzheimer

A doença de Alzheimer é muito comentada, principalmente associada à terceira idade e à perda de memória. Esta doença é provocada pela morte celular do sistema nervoso central, o que causa uma perda da função relacionada com o lobo cerebral onde se dá esta morte acelerada. A maior parte das vezes, quando se dá o inicio da doença, o dano é mais sentido a nível de zonas essenciais a determinados tipos de memória, a qual nos permite lembrar eventos recentes e realizar novas aprendizagens. Nestas zonas, os neurónios libertam a acetilcolina que tem uma função de intermediária, activando outros neurónios quando entra em contacto com eles. Quando este composto não existe, os neurónios não são activados e não cumprem a sua função, provocando em alguns tipos de memória a sua perda.

A doença de Alzheimer é maioritariamente uma doença sem origem hereditária, e que está relacionada com o envelhecimento, apesar de recentemente já se ter manifestado em idades mais precoces. A sua prevalência aumenta exponencialmente a partir dos 65 anos de idade, duplicando a cada 5 anos. Os sintomas inicias são a perda de memória, confusão mental, apatia e depressão.

Apesar de não haver nenhuma causa comprovada conhecida, existem alguns conselhos alimentares que vale a pena seguir, nomeadamente a utilização de utensílios desprovidos de alumínio, pois verificou-se que uma ingestão elevada de alumínio favorece a morte celular, e consequentemente o desenvolvimento da doença de Alzheimer. Deve-se também evitar o consumo de medicamentos antiácidos à base de alumínio, a ingestão de sumos que venham em latas de alumínio, e o consumo de água da torneira, caso tenha uma grande percentagem de alumínio.



2 Comentários to “Doença de Alzheimer”
  1. alice loureirp
    • João Manuel

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :