Como meter a desintoxicação a funcionar

Ao ler isto, certamente não deixará de se interrogar por que razão queremos desintoxicar o organismo se a desintoxicação não funciona!
Se a desintoxicação não funciona, para que terá sido escrito este artigo? Por duas razões muito simples. A primeira é que, qualquer desintoxicação – mesmo as tradicionais – acaba sempre por fazer alguma coisa. Uma boa dieta de desintoxicação orienta a mente no sentido de fazermos uma alimentação saudável e de reavaliarmos a relação com os alimentos que nos poderão ser prejudiciais. Por exemplo, ao deixarmos de beber café durante uma semana, tornamo-nos menos dependentes desta bebida ao acordar e a energia natural do organismo torna-se mais equilibrada. Ao deixarmos de tomar bebidas alcoólicas, lembrar–nos-emos de como é bom não ter ressacas e aprendemos a ultrapassar problemas derivados do stress sem um copo de vinho. Ao consumirmos menos açúcar, evitamos as subidas e descidas dos níveis de açúcar no sangue que poderão causar cansaço e fazermos recorrer a alimentos com açúcar para estimular a energia. Reeducaremos igualmente as papilas gustativas, tornanoo-nos menos dependentes de «alimentos nocivos», além de também reduzirmos dramaticamente as cargas de toxinas do organismo.

A segunda razão é que os conselhos e os planos de desintoxicação deste artigo não se inserem nas categorias tradicionais. Não só exploram todos os benefícios positivos descritos, mas também fazem muito mais.

TRABALHAR COM O ORGANISMO

Em vez de trabalharem contra o processo natural de que o organismo se serve para se desintoxicar, as soluções e os planos apresentados neste site foram concebidos para o reforçar. Fazem-no de duas formas. Em primeiro lugar, tal como os programas de desintoxicação naturais, mostram-nos como limitar as quantidades de toxinas a que nos encontramos expostos, o que reduz a pressão sobre o sistema de eliminação. No entanto, poderemos fazer isto sem passar fome, o que significa que o sistema não deixará de funcionar. Em segundo lugar, as soluções trabalham mais eficazmente porque o objectivo é fortalecer o sistema de eliminação natural. Isso irá ajudar-nos a:

  • Incrementar a produção das enzimas naturais que o fígado, a pele e os pulmões utilizam para neutralizar as toxinas nocivas, reduzindo a probabilidade de formação de uma sobrecarga de toxinas no organismo.
  • Pôr a funcionar os mecanismos de defesa para neutralizar os compostos nocivos que as toxinas trazem para o organismo, reduzindo os danos que estes possam causar.
  • Estimular a circulação sanguínea por todo o corpo, assegurando assim uma excreção mais rápida e eficaz das toxinas.
  • Fortalecer e tornar mais e-icaz a capacidade de eliminação da pele e dos pulmões.
  • Fazer com que o aparelho digestivo seja saudável, assim como assegurar a remoção rápida e eficaz das toxinas.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :