Como emagrecer com alimentos naturais

Conheça a ação dos produtos naturais e saiba como os consumir da melhor forma. Uma alimentação equilibrada e exercícios físicos são fundamentais.

Para perder peso com saúde é preciso aliar uma alimentação equilibrada a exercícios físicos, mas será que suplementos naturais podem ajudar a emagrecer? Saiba quais as substâncias naturais mais receitadas pelos nutricionistas, qual a sua ação no organismo e como devem ser consumidas.

O óleo de coco extra virgem é rico em triglicerídeos de cadeia média, uma espécie de gordura boa. Segundo alguns endocrinologistas, o produto é considerado termogénico, já que é capaz de gerar calor e queimar energia, favorecendo a perda de medidas. O óleo de coco ajuda a eliminar, principalmente, a gordura acumulada na barriga, além de aumentar a sensação de saciedade e reduzir o colesterol ruim. Para manter suas propriedades nutricionais, não se recomenda o aquecimento do óleo.
Ele pode ser adicionado a saladas, sopas, shakes, pães e torradas ou sobre outros alimentos. O que se recomenda como auxiliar na perda de peso, é preciso consumir de 2 a 4 colheres de sopa de óleo de coco por dia. Cada colher de sopa contém cerca de 90 calorias, portanto, não é recomendável ultrapassar esta orientação dada por nutricionistas, que também afirma que não existem evidências clínicas que validem o consumo de cápsulas de óleo de coco.

Conheça alguns alimentos e suplementos naturais usados para emagrecer:

  • Extrato de manga africana – Uma pesquisa pequena publicada no jornal “Lipids in Health and Disease”, com 102 pessoas, mostrou que, após dez semanas, o grupo que tomou 150 mg diárias de extrato de manga africana finalizou o estudo mais leve, com a cintura mais fina e com melhores índices de colesterol e glicose no sangue. Uma das hipóteses para o efeito é a quantidade de fibras oferecida pelo suplemento.
  • Farinha de feijão branco – Esta promete favorecer o emagrecimento e a redução dos níveis de açúcar no sangue. Sendo a proteína responsável presente nesse feijão, a faseolamina, que inibe a absorção de glicose (amido) pelo organismo.
  • Farinha de banana verde – A banana verde, quando cozida, é considerada um alimento funcional por conter grande quantidade de amido resistente, que é similar a uma fibra alimentar. Por isso, a farinha ajudaria a aumentar a saciedade. O alimento também tem baixo índice glicémico, o que faz com que a quantidade de glicose libertada no sangue ocorra de maneira gradativa.
  • Chá verde – Um estudo científico comprovou que o chá verde é bom aliado na luta contra a obesidade, uma vez que ajuda a acelerar o metabolismo. O chá verde é a segunda bebida mais consumida no mundo e contém grande quantidade de compostos que proporcionam uma série de benefícios à saúde. De entre eles, a redução do risco de doenças cardiovasculares e de alguns tipos de cancro, melhoria das funções fisiológicas, efeito anti hipertensivo, proteção ultravioleta, aumento da densidade mineral óssea, entre outras.
    A pesquisa ainda reforça que a ingestão do extrato também suprime a utilização de carboidrato, que gera aumento na quantidade de glicogénio no músculo, auxiliando o aumento da resistência na corrida, e por se ter menos lactado, há uma maior disposição física para continuar o exercício físico.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :