Como emagrecer aos 40 anos

Porque é tão difícil emagrecer aos 40 anos? Não é a idade que faz da pessoa velha, mas sim o seu espírito e força de vontade.

Como emagrecer aos 40 anos

À medida que os anos passam o ponteiro da balança custa mais a baixar: reduz a quantidade de comida, deixa de comer sobremesa, inscreve-se no ginásio e, apesar de tudo, o tamanho das calças sobe e o nível de energia baixa.

A partir dos 40 anos o nosso corpo começa a mudar, em resultado do processo de envelhecimento, dão-se alterações hormonais que diminuem a taxa de crescimento das nossas células. É algo real e teremos de aprender a viver depois dos 40 anos, nunca desistindo do nosso bem-estar.

Conheça os ritmos biológicos do seu corpo

Aprenda a conhecer os novos ritmos biológicos do seu corpo e adapte-se a eles. Quando se trata de queimar calorias, a equação é bastante simples: o que entra ou é queimado ou fica agarrado ao corpo.

Como emagrecer aos 40 anos

Ganhar peso é absurdamente fácil: comer apenas 100 calorias extra por dia provoca entre 9-10 kilos a mais no final do ano. É óbvio que Coca-cola ou chocolate não fazem mal se corrermos ou andarmos para os queimar. Mas depois dos 40 anos, o nosso nível de actividade tende a diminuir. Portanto, o desafio é manter os dois em equilíbrio.

Porque começou a ganhar peso? Pense e faça uma lista.

Olhe para o passado e visualize quando o seu peso começou a aumentar. O que falhou? Faça uma lista do que funciona para si e o que não resulta.

Os seus hábitos saudáveis no passado são os que provavelmente melhor funcionam agora.

Comece por eliminar disfunções metabólicas associadas ao ganho de peso. Em cada 5 adultos, 1 é afectado por problemas de tiróide graves. O mais comum é o hipotireoidismo, que impede a perda de peso. A tiróide é uma pequena glândula que produz hormonas que regulam o metabolismo.

Se suspeitar de uma tiróide pouco activa, deverá ir ao seu médico. Ajuste os seus hábitos alimentares para maximizar a energia.

Uma boa estratégia é tentar comer 5-6 pequenas refeições por dia e não passe mais de 3-4 horas sem comer.

Horas das refeições com o ritmo natural do corpo

Outra coisa a fazer é alinhar as horas das refeições com os ritmos naturais do corpo. De uma coisa os especialistas tem a certeza: comer depois das 21h vai directo para as ancas e barriga.

Tomar um bom pequeno-almoço é um dos hábitos chave para manter as pessoas magras.

Engane o seu metabolismo com os alimentos anti gordura. Há uma quantidade de alimentos saudáveis que pode comer. Faça alguns ajustes simples na sua dieta, incorporando os alimentos que realmente combatem a gordura (legumes de folhas verdes, sementes de linhaça, alho, cebola, açafrão, frutas).

Faça dos músculos um aliado contra o peso

Acontece que a tendência natural do envelhecimento é a perda muscular, substituindo-a gradualmente por gordura. Portanto, a fim de mobilizar a capacidade de queimar calorias dos músculos, temos que trabalhar para isso.

Durma mais para queimar mais calorias. Qualquer pessoa activa com mais de 35 anos sabe que o sono se torna cada vez mais evasivo com a idade. No entanto, paradoxalmente, uma noite bem dormida é um factor chave para perder peso, dizem os neurologistas.

Se, como a maior parte das pessoas com mais de 40, tem uns quilinhos a mais, provavelmente já tentou várias dietas. Também já se apercebeu de que as dietas raramente funcionam. O seu corpo adaptou-se a esse novo peso e agora faz os possíveis para segurá-lo.

Faça lenta e gradualmente ajustes em cada extremidade da equação. Você – e só você – decide que parte da equação “fuel-in, energy-out” deve enfatizar e quando.



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :