Como contornar os efeitos das bebidas alcoólicas

Medidas sensatas para combater uma ressaca

Os efeitos negativos da ingestão exagerada de bebidas alcoólicas não são causadas só pela quantidade de álcool, mas também pelos aditivos e produtos químicos que contém devido à fermentação. Normalmente as bebidas de cor escura possuem mais substancias destas que as bebidas brancas. Quando estas bebidas são ingeridas de forma exagerada, têm um efeito tóxico sobre as células do cérebro.

O papel da água

Muitas bebidas, com um elevado teor de álcool, podem ser misturadas com água mineral ou outra bebida não alcoólica para diminuir a desidratação e a irritação que o álcool causa na mucosa gástrica. De outra forma, se beber  muito devagar consegue diminuir também a velocidade a que o álcool é absorvido pelo organismo. Sempre que ingerir álcool em excesso, beba a maior quantidade de água que puder para compensar a perda de líquidos.

Formas de evitar uma ressaca

Para evitar a ressaca faça um estudo de forma a saber quais as bebidas e marcas que o fazem ficar mais alterado. Evite então beber estas bebidas, trocando-as por outras menos prejudiciais. O mesmo se aplica às cervejas — algumas qualidades e marcas podem afectá-lo mais que outras. Pode também optar por alternar bebidas alcoólicas com bebidas não alcoólicas, como, por exemplo, água mineral ou sumo. Nunca deve ingerir bebidas alcoólicas com o estômago vazio.

O tipo de bebidas e os aditivos

O whisky e os vinhos tintos possuem mais álcool, aditivos e produtos químicos que o resto das bebidas alcoólicas e por isso, produzem as piores ressacas. O gin, o vodka, o vinho branco e o whisky de malte possuem menos álcool e deste modo os seus efeitos nocivos são menores.

Medicamentos a tomar

Se tiver dores de cabeça durante a ressaca, em vez de aspirina, tome paracetamol, que causará menos irritação a um estômago já irritado.



2 Comentários to “Como contornar os efeitos das bebidas alcoólicas”
  1. kamila
    • João Manuel

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :