Os Perigos de uma Nutrição Deficiente

Por existirem muitos riscos para a sua saúde causados por uma dieta deficiente, sugerimos que faça hoje mesmo uma avaliação nutricional personalizada onde gratuitamente receberá informação muito útil para se alimentar melhor.

Existem muitos riscos para a saúde associados a uma dieta deficiente, incluindo

  • Sistema imunitário enfraquecido, originando infecções com maior frequência Osteoporose e ossos frágeis
  • Músculos enfraquecidos e pele com pouca tonicidade, conduzindo a um envelhecimento prematuro
  • Independentemente do seu peso, nível de rendimento ou estado de saúde actual, você pode não estar a obter a nutrição que necessita, se a variedade e a qualidade dos alimentos que compõem a sua dieta alimentar forem deficientes. No entanto, uma dieta equilibrada, rica em nutrientes, vai ajudá-lo a parecer e sentir-se melhor, por dentro e por fora.
  • Boa Nutrição = Prevenção

O progresso da ciência nutricional deu-nos conhecimentos importantes sobre qual deve ser a composição de uma dieta alimentar saudável:

  1. Obter proteínas da soja, das carnes magras e do peixe, é importante para controlar o apetite e, para alimentar e proteger os músculos.
  2. A fruta e os legumes coloridos fornecem nutrientes vegetais únicos e antioxidantes, que protegem a saúde dos órgãos mais importantes do corpo.
  3. A fibra dos frutos, legumes e alguns cereais integrais, é importante para manter um funcionamento intestinal equilibrado e para libertar toxinas do organismo.
  4. As gorduras saudáveis dos óleos de peixe de água salgada, podem ajudar o organismo a combater a inflamação. Isto beneficia a sua pele e pode ajudar a manter o bem-estar do coração.

O Poder das Proteínas

A proteína ajuda a desenvolver e manter os músculos fortes. Ingerir proteínas a cada refeição ajuda também a controlar o apetite. Os melhores alimentos ricos em proteínas são os que têm baixo teor de gordura, como por exemplo, os batidos com elevado teor de proteínas ao pequeno-almoço, peito de frango ou de peru, claras de ovo, peixe e marisco, carne vermelha muito magra e produtos lácteos com pouco ou nenhum teor de gordura. Restrinja os alimentos proteicos com elevado teor de gordura, como o queijo, a maior parte das carnes vermelhas, salsichas e produtos lácteos gordos.

  • A proteína ajuda a evitar a ruptura dos músculos e dos ossos.
  • A proteína ajuda a controlar a fome e é essencial para a obtenção de energia.

Cereais Excelentes

Você deve ingerir, diariamente, 25 gramas de fibras para obter um óptimo bem-estar, através da combinação de cereais integrais, fruta e legumes. Os cereais integrais são constituídos por uma camada exterior de fibra, uma zona interior rica em amido e um núcleo central rico em proteína. Dê-se ao trabalho de ler os rótulos e, sempre que possível, opte por alimentos com cereais integrais.

Procure consumir 3 doses por dia de produtos à base de cereais integrais, como por exemplo, pão e massa 100% integrais, arroz e cereais integrais, como os flocos de aveia e tiritas de trigo. Estes fornecem mais vitaminas, minerais e fibras do que os produtos produzidos com cereais refinados.

  • As fibras asseguram um fluxo intestinal suave e retardam o esvaziamento do sistema gástrico.
  • As fibras adequadas apoiam o bem-estar cardiovascular.

Produtos Lácteos

A proteína do leite é uma proteína de elevada qualidade, que pode ser útil para equilibrar a sua alimentação de modo a alcançar um óptimo bem-estar. Se for sensível ao açúcar do leite, denominado lactose, pode encontrar produtos lácteos com um teor reduzido de lactose. Pode também substituí-los por produtos de soja, sem perder nenhum nutriente importante. Procure produtos lácteos com baixo, ou nenhum, teor de gordura e evite produtos lácteos gordos.

  • O cálcio é necessário ao crescimento, contracção muscular e prevenção de cãibras.
  • A falta de Vitamina D está associada a um maior risco de exposição a várias doenças comuns, relacionadas com o envelhecimento.

Gorduras Boas e Más

As gorduras saudáveis que surgem naturalmente nos frutos secos, abacate e azeite, são umas das gorduras mais saudáveis para consumo.
O peixe de água salgada também fornece gorduras saudáveis, que podem ajudar a manter o bem-estar do coração, quando consumido três a quatro vezes por semana e, integrado num regime alimentar equilibrado e saudável.

As gorduras, como os óleos, manteiga, margarina, maionese e alimentos ricos em gordura, como por exemplo, os molhos para salada, molhos e caldos de carne, devem ser limitadas. Um pouco de frutos secos ou umas fatias de abacate podem acrescentar imenso sabor às saladas e aos legumes, fornecendo menos gordura do que os molhos ricos.

As gorduras boas são necessárias ao desenvolvimento normal e ao funcionamento do cérebro

A falta de ácidos gordos essenciais pode conduzir a uma redução na capacidade de aprendizagem e memória.
Saiba como se alimentar de forma saudável preenchendo esta avaliação nutricional personalizada.



2 Comentários to “Os Perigos de uma Nutrição Deficiente”
  1. Silvia Silva

Responder a Silvia Silva Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :