Dicas para fazer esteira

A esteira é um aparelho não explorado o quanto deveria. A maioria dos corredores preferem a corrida na rua, por ser mais prazeroso.

Porém, para quem leva o treino mais a sério, e quer aumentar a velocidade e a resistência, o mais adequado é optar pela corrida na esteira.

A prática desse exercício na esteira sem inclinação permite correr mais rápido do que na rua, com a mesma carga aeróbica, ou seja, você pode correr mais rápido por mais tempo. O que significa que há maior benefício pelo mesmo treino.

Outro benefício de quem escolhe a esteira é o controle sobre as variáveis como o vento ou a inclinação. O que permite monitorar melhor a sua evolução no decorrer dos treinos.

Parece uma atividade bastante simples, mas para ter os resultados esperados é importante ter alguns cuidados. Confira algumas dicas para praticar esse exercício e garantir bons resultados:

 

  • Antes de iniciar os exercícios faça uma avaliação física, que garanta sua aptidão para realizar as atividades.
  • Use um tênis específico, com um bom sistema de amortecimento e ventilação na parte superior.
  • Use sempre o sistema de segurança que a esteira possui, ao se desconectar do aparelho o sistema de segurança é acionado e ela pára.
  • Inicie, sempre, pisando nas extremidades laterais da esteira, ligue o aparelho numa velocidade baixa e entre na parte central. Vá aumentando a velocidade aos poucos, até chegar a desejada.
  • Nos seus passos, o calcanhar deve ser sempre a primeira parte dos pés a tocar o chão, passando pela planta dos pés e, por fim, pelos dedos.
  • A respiração deve ser devagar para garantir fôlego para chegar ao fim do exercício com menos desgaste. O ideal é inspirar pelo nariz e soltar pela boca.
  • Evite correr segurando nas barras laterais. Além do incômodo, isso pode ainda machucar os punhos. Mantenha os braços num ângulo de 90°, junto ao corpo.
  • Mantenha a postura ereta, as costas direitas, abdômen firme e contraído.
  • Evite dar passos muito largos e altos, pois isso, além de diminuir a distância percorrida, gera um impacto maior nas articulações, o que pode causar dores e até mesmo lesões.
  • Respeite seus limites e o seu condicionamento físico. Aumente a intensidade sempre que necessário. Normalmente, esse tempo de evolução varia por volta de 2 meses. Para que a evolução aconteça aumente a velocidade da caminhada, o tempo do exercício ou ainda a intensidade.
  • Faça um treino intervalado, que consiste nas alternâncias de um esforço físico maior durante determinado tempo, e um esforço físico menor, para recuperação. Os intervalos de tempo devem ser equivalentes. Ou seja, se praticou a corrida na esteira numa velocidade alta durante 2 minutos, reduza a velocidade da esteira à metade por mais 2 minutos, continuando nessa sequência o treino.
  • Prepare uma pasta de músicas para ouvir durante o exercício, isso trará uma motivação extra durante a corrida.
  • Hidrate-se antes, durante e depois da corrida. Isso irá garantir a reposição dos líquidos perdidos durante a atividade.
  • Não esqueça do alongamento, antes e depois dos exercícios.

Com estas dicas, fazer esteira vai passar a ser uma atividade muito mais prazerosa e eficaz.



1 Comentário to “Dicas para fazer esteira”
  1. Adilson Guimaraes

Responder a Adilson Guimaraes Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :