Como se manifesta a doença de Alzheimer

A doença de Alzheimer é uma doença do sistema nervoso central que surge na maioria das vezes após os 65 anos de idade e que é também na maioria dos casos esporádica (não-hereditária). Embora a doença possa existir anos antes de se manifestar, começa de uma forma insidiosa,  por alterações de memória associadas desde cedo a alguma alteração da personalidade. Esta doença evolui de forma progressiva ao longo de anos (em média a duração da doença é de 10 anos) com uma perda progressiva das faculdades mentais e da capacidade para realizar de forma independente as actividades da vida diária.

Fases da doença:

A alzheimer pode dividir-se em três fases:

Fase inicial

– Na fase inicial ou ligeira, o doente consegue fazer, com alguma orientação, uma vida quase independente. As dificuldades abrangem essencialmente as tarefas mais complicadas (chamadas de instrumentais), tais como sair de casa utilizando meios de transporte, cozinhar, gerir a casa, usar o dinheiro para fazer pagamentos, usar o telefone para fazer chamadas, usar electrodomésticos. Geralmente, o doente necessita de ajuda nestas tarefas, mas continua a lavar-se, vestir-se, comer, usar a casa de banho, a deslocar-se em casa e na vizinhança sem necessitar de ajuda. Nesta fase a doença pode não ser identificada pela família; como a doença evolui lentamente, as alterações vão-se instalando e a família, quase sem dar conta, vai-se adaptando quase sem dar conta da perda  de algumas faculdades mentais, aceitando estas alterações como devidas ao envelhecimento.

Fase moderada

– Na fase moderada, já ninguém duvida de que as alterações que o doente apresenta sejam normais. O doente já não consegue fazer sem ajuda a grande maioria das tarefas diárias, incluindo as básicas, mas ainda é possível sair de casa com o doente sem que a maioria das pessoas que não contactam directamente com ele se aperceba da doença.

Fase grave

– Na fase grave, o doente já se perdeu a capacidade de controlar os esfíncteres e o uso de fraldas é necessário; da memória restam alguns fragmentos e o seu comportamento torna impossível ou muito difícil as saídas de casa. Finalmente, a motilidade é afectada, a mobilização do doente é cada vez mais difícil e acaba acamado.



1 Comentário to “Como se manifesta a doença de Alzheimer”

Responder a João Pedro Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :