Transmissão de doenças por vermes

Na próxima vez que brincar com um gatinho, ou der de comer às pombas, ou afagar algum animal, lembre-se que os animais à superfície da sua pele, possuem uma grande quantidade de seres microscópicos que vivem à custa do seu hospedeiro sem que ninguém os veja e, embora o hospedeiro pareça ser saudável, este pode abrigar microorganismos perigosos, como bactérias, vírus, fungos e parasitas, os quais podem ser transmitidos ao homem, por contacto directo, ou através da agua ou dos alimentos. Este contágio pode acarretar uma série de doenças causadas por parasitas, que em determinados casos podem provocar a morte. Por exemplo as carraças portadoras da bactéria Borrelia burgdorferi, existentes em vários animais, inclusive nos veados, ao se transferirem para o corpo humano provocam a doença de Lyme. Esta doença é debilitante a nível do sistema articular, nervoso e cardíaco, e quando não é tratada pode provocar uma incapacidade prolongada, ou raramente fatal. Outro exemplo das complicações provocadas pelos vermes, é uma bactéria que existe nas aves, que é facilmente transmitida ao ser humano e que pode desencadear uma pneumonia bastante grave.
Desde os vermes e carraças nos cães, às salmonelas nos répteis, à raiva nas raposas, e à gripe nas aves domésticas e selvagens, temos muitas razões para tomarmos alguns cuidados antes e depois do contacto com os animais. Os animais são nossos amigos, por isso devemos continuar a relacionar-nos com eles, nunca descorando alguns cuidados, nomeadamente lavar as mãos depois do contacto com os animais, para evitarmos a transmissão de doenças.



3 Comentários to “Transmissão de doenças por vermes”
  1. Kamila Stefania

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :