Quais os benefícios da Alcachofra

Os benefícios da alcachofra foram registados pela primeira vez por um discípulo de Aristóteles no século IV a. C. Estimula a actividade da vesícula biliar e do fígado, auxilia a digestão e ajuda a controlar os níveis de colesterol.

Utilizações comuns da alcachofra

  • Promove o funcionamento saudável da vesícula biliar e do fígado;
  • Melhora a digestão Mantém ou baixa os níveis de colesterol;
  • Pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue, o que é particularmente importante na diabetes.

ATENÇÃO!

Se sofre de obstrução dos canais biliares, consulte o médico antes de tomar extracto de alcachofra, pois esta aumenta a secreção de bílis.
Um número muito pequeno de pessoas sofre de alergia à alcachofra e ao seu extracto. Se sofre de alguma doença, consulte o médico antes de tomar suplementos.

Os suplementos de alcachofra são preparados com as folhas da planta, as brácteas em torno da cabeça da alcachofra ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue.

utilizacao-de-alcachofra

O que é a alcachofra?

A alcachofra é um membro da família botânica que inclui o cardo-de-santa-maria, a margarida e o girassol. Pode atingir 1,5 m de altura e é coroada por um grande capítulo verde-purpúreo. Em culinária, utilizam-se as inflorescências jovens, ainda por abrir, que são então cozidas; as bases carnudas das brácteas e os receptáculos, ou «fundos», são muito apreciados.

Esta espécie, também designada por alcachofra-hortense, não deve confundir-se com a alcachofra-brava Cunara humilis, ou alcachofra-de-são-joão, que os namorados queimam na véspera do dia de S. João ou de Santo António para ver se são correspondidos. A alcachofra-hortense é uma espécie cultivada derivada da espécie Cunara cardunculus, cardo-do-coalho, natural dos países mediterrânicos, com propriedades muito semelhantes às daquela. As folhas da alcachofra contêm diversas substâncias de efeitos benéficos para a saúde quando consumidas nos níveis recomendados. Incluem a cinarina (a principal substância activa) e vários flavonóides, designadamente a luteolina.

Modo de Actuação

Estudos laboratoriais realizados na Alemanha mostraram que o extracto de folhas de alcachofra é útil na protecção e regeneração do fígado em caso de intoxicação. Investigações científicas que remontam a 1933 revelam que a alcachofra estimula o fígado a produzir bílis, que seguidamente passa ao duodeno. Este efeito justifica a utilização da planta no tratamento de pessoas que têm dificuldade em digerir as gorduras. Trabalhos já efectuados na década de 1930 revelaram que o extracto de folhas de alcachofra conseguia reduzir o nível de colesterol no sangue em pessoas com valores elevados. Estas descobertas têm sido confirmadas por estudos mais recentes, tendo um deles revelado que os níveis do colesterol LDL («mau») baixavam e verificava-se uma ligeira subida do HDL («bom»).

Pode acontecer que estas propriedades do extracto de alcachofra  se devam ao seu teor em luteolina, que reduz a acção do fígado na síntese do colesterol.

Principais Benefícios da Alcachofra

A cinarina e os flavonóides da alcachofra, incluindo a luteolina, são poderosos antioxidantes que podem ajudar a prevenir os danos às células do fígado, a proteger o organismo contra os prejuízos das moléculas instáveis de oxigênio conhecidas por radicais livres, e, consequentemente, a combater a doença. Diversos estudos clínicos demonstraram que o extracto alivia distúrbios digestivos, como as dores, as náuseas e a flatulência. A alcachofra contém inulina, um polissacárido que retarda o ritmo a que o organismo digere os alimentos. Esta propriedade significa que, quando comida como legume, a alcachofra pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue após as refeições, o que a torna particularmente útil aos diabéticos. Também as pessoas com índices de colesterol elevados podem beneficiar do extracto por este reduzir a síntese do colesterol no fígado.

beneficios-alcachofra

Outros Benefícios da Alcachofra

Tradicionalmente, as folhas de alcachofra são utilizadas pela sua acção de desintoxicação no tratamento da gota, artrite e reumatismo. As suas propriedades diuréticas poderão aliviar os problemas do tracto urinário. Estão em curso investigações sobre outros possíveis benefícios, incluindo para as pessoas que sofrem de síndroma do cólon irritável.

Ao comprar: Compre extracto de folhas normalizado para ter a certeza de obter uma dose concentrada de cinarina. Os comprimidos de pó de folhas secas (raramente à venda) constituem uma forma muito menos potente.

Dosagem: Para melhorar a digestão, a função hepática e os níveis de colesterol: Tomar duas cápsulas de 320 mg por dia. Para melhorar a digestão nos casos de grande ingestão de gorduras. Tomar até seis cápsulas de 320 mg por dia às refeições.

Como utilizar a alcachofra: Tomar as cápsulas às refeições ou imediatamente a seguir, engolindo-as inteiras com um pouco de líquido frio. Se sofrer de problemas de obstrução dos canais biliares, consulte o médico antes de tomar alcachofra. As pessoas com alergia às plantas da família das margaridas podem sofrer uma reacção alérgica, devendo cessar imediatamente o uso da planta.

Possíveis efeitos secundários: Numerosos estudos confirmam que o extracto de folhas de alcachofra é muito bem tolerado pela maioria das pessoas, mesmo após utilização contínua e prolongada. Quando utilizada como alimento, a alcachofra apresenta riscos mínimos, mas num pequeno número de pessoas pode causar efeitos indesejáveis, como flatulência e problemas gastrintestinais ligeiros.

Curiosidade

Um estudo de 1998 em pessoas com problemas digestivos revelou que 85% experimentaram melhoras com o extracto de folhas de alcachofra. Depois de tomarem cinco cápsulas diárias durante uma média de 23 semanas, os sintomas — que incluíam náuseas, flatulência, inchaço, dores abdominais e intolerância às gorduras — foram todos consideravelmente reduzidos.



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :