Doenças dos olhos, o estrabismo

Os olhos são órgãos precisos que nos permitem captar a imagem do que nos rodeia. Normalmente os olhos mexem-se conjuntamente, e assim a imagem é atingida conjuntamente pelos dois olhos no mesmo momento, para que a imagem seja distinguida. Em certas doenças dos olhos, como no estrabismo esta convergência entre os dois olhos não ocorre. Os olhos parecem que estão trocados, porque enquanto um olho olha para um lado o outro olho está direccionado para outro lado.

O estrabismo é então a divergência entre os eixos oculares para uma determinada direcção. Existem duas formas de estrabismo: o convergente, em que um globo ocular está direccionado para dentro, e divergente, em que o globo ocular está direccionado para fora. O estrabismo pode ter o seu inicio numa idade adulta, o que pode levar ao aparecimento simultâneo da diplopia, que consiste numa visão dupla. Na idade adulta este problema pode ter como etiologia problemas de saúde como a diabetes, hipertensão arterial ou dano cerebral ou dos músculos oculares. Pode ainda surgir na infância, denominado o estrabismo infantil, como resultado de alguma patologia ou complicação que tenha enfraquecido os músculos oculares. Pode acontecer também que o estrabismo esteja latente, e surja em momentos esporádicos, quando relacionado com alguma patologia.

Quando na origem do estrabismo está alguma doença que posteriormente é tratada e curada, o estrabismo pode reverter e a visão voltar à normalidade. Enquanto isto não acontece pode recorrer-se a lentes apropriadas, à cirurgia dos músculos oculares que fazem mais sentido na infância, ou a ocultar o olho estrábico com uma pala, para evitar o seu esforço.

Depois de toda a esta informação, é fundamental que tome previdências logo que o estrabismo seja detectado, para evitar a possível diminuição da acuidade visual.



2 Comentários to “Doenças dos olhos, o estrabismo”
  1. edmilson

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :