Como emagrecer na academia

Quando vai para um ginásio com o objetivo de emagrecer existem erros que não deve cometer, como evitar a musculação.

Por exemplo, fazer muitos abdominais por dia diminui a barriga, mas o excesso de exercícios localizados para o abdómen não diminui medidas. Os contornos da barriga também ficam mais firmes e definidos, mas a queima calórica é muito pequena.

Seguem-se mais algumas dicas de como emagrecer na academia e conseguir o corpo saudável com que tanto sonha.

 

 

Dicas para emagrecer

Fazer exercício físico pela manhã, sem comer nada, queima mais calorias. Treinar de estômago vazio não é bom, já que o organismo acaba por utiliza a massa muscular como fonte de energia, ao invés de queimar gordura.

O ideal é acordar um pouco mais cedo e tomar um café da manhã leve, cerca de uma hora e meia antes de ir para o ginásio. Pão integral, queijo branco, blanquet de peru e suco de frutas formam uma refeição completa, mas recomenda-se consultar um nutricionista, já que os objetivos e necessidades são individuais.

As pesquisas apontam mais motivos para incluir o café da manhã na rotina. Publicado na revista científica “American Journal of Epidemiology”, um estudo norte-americano sugere que as pessoas que não tomam café da manhã são quatro vezes mais propensas a desenvolver obesidade do que aquelas fazem a refeição todos os dias. Os cientistas explicam que quem pula a primeira refeição do dia tende a consumir mais calorias ao longo do dia.

Para emagrecer é preciso ficar, pelo menos, duas horas por dia no ginásio. A longo prazo, praticar atividades intensas (por exemplo, spinning ou corrida) por mais de 50 minutos seguidos pode até engordar.

Importância da musculação

A vantagem da musculação é proporcionar gasto calórico considerável quando a pessoa está em repouso. O treino mais recomendado deve incluir exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida e spinning, além da musculação.

Para quem pratica as modalidades no mesmo dia e deseja perder peso, um preparador físico orienta a começar pela musculação e então seguir para os exercícios aeróbicos.

Para estimular a perda de peso, comece pela musculação, que demanda mais esforço e gasta mais calorias em repouso. Dessa forma, seu desempenho será melhor nas duas modalidades e o gasto calórico aumentará.

Atenção à dor

As dores são alertas do nosso corpo e não devem ser ignoradas. A dor tardia, que não é sentida no momento que o exercício está sendo executado, pode significar um processo inflamatório.

O fenómeno chamado de overtraining, em que a pessoa passa pratica mais exercícios do que a capacidade de recuperação do próprio organismo, pode levar a problemas na coluna, joelhos, tornozelos e outras regiões do corpo.

As séries de musculação são propostas pelos professores levando em conta o nível em que o aluno se encontra. Levantar mais peso do que está previsto na série personalizada não significa que você esteja superando limites de forma saudável, já que as articulações não estão preparadas para aquela carga.

Treinar três vezes por semana por 30 minutos é suficiente para perder peso. É preciso um pouco mais de empenho para ver o ponteiro da balança se mover. Até para ser saudável é preciso dedicar-se mais. Para perder peso seria ideal comprometer-se a praticar 1 hora de exercícios físicos, 5 vezes por semana.



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :