7 exemplos de Exercício Físico que grávida pode fazer

A dúvida de muitas mulheres, principalmente as que já levavam uma vida fisicamente ativa, é quais os exercícios a praticar durante a gravidez, que não coloquem em risco nem a sua saúde nem a do seu bebê.

Para quem já praticava exercícios físicos regularmente a dica é nunca parar! Gravidez não é doença nem empecilho para quem quer realmente se exercitar. Já para quem não estava tão familiarizada com os exercícios físicos e, só com a gravidez descobriu a sua importância, o ideal é começar com atividades mais leves, para o seu corpo se adaptar a esse novo estilo de vida.

Para acabar com as dúvidas de uma vez por todas sobre quais os exercícios mais indicados para as grávidas, veja a seguir a lista com essas atividades.

  • Alongamentos – Os alongamentos, além de serem cruciais antes da prática de qualquer atividade física, também, podem ser praticados de forma isolada. Eles são indicados durante toda a gravidez e proporcionam as grávidas relaxamento e equilíbrio para os grupos musculares que ficam sobrecarregados e diminuição nas dores nas costas.
  • Caminhada – A caminhada é uma atividade aeróbica leve que auxilia no controle de peso, aumenta a disposição o humor e a sensação de bem estar das grávidas. Por ser uma atividade de pequeno impacto, normalmente, não há restrições. No entanto, é essencial procurar o seu médico e ter a aprovação do mesmo.
  • Musculação – As grávidas podem sim praticar musculação! Claro que não é recomendável grandes esforços nem grandes cargas. Faça algumas adaptações do seu treino regular, diminua os pesos e as repetições, se necessário. Desta maneira a musculação pode ajudar as gestantes a melhorar a postura, prevenir as dores nas pernas e ainda fortalecer os músculos dos membros trabalhados.
  • Pilates – As aulas de pilates são ótimas para trabalhar a postura e fortalecer os músculos, preservando assim as articulações. Essa atividade trabalha principalmente o abdômen, os glúteos, as pernas e a parte inferior das costas, o que facilita na hora do parto. Além disso as aulas de pilates ainda ajudam a controlar o peso, a melhorar o condicionamento físico e a relaxar.
  • Natação – Para quem já praticava natação ou escolheu essa modalidade durante a gravidez saiba essa é uma boa escolha. A natação além de ser leve e de baixo impacto, ainda melhora a circulação, diminuindo assim os inchaços nas pernas e nos pés normais da gravidez.
  • Hidroginástica – Este é dos exercícios mais indicados durante o último trimestre da gravidez, isso porque não oferece risco de lesões e é de intensidade moderada. A recomendação é procurar uma academia que tenha um profissional capacitado para te orientar, da maneira mais correta, a execução das atividades.
  • Ioga – A ioga é bem semelhante ao pilates, no que diz respeito aos benefícios. Esta atividade ajuda no relaxamento da grávida. No entanto, as grávidas que querem praticar ioga devem procurar por aulas que tenham um programa específico para gestantes, porque com o passar do tempo e com o crescimento da barriga fica mais difícil a realização de determinadas posições.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome : Email :